A verdade sobre o pescado congelado

Muitas pessoas me perguntam se a qualidade do peixe congelado é igual a do peixe fresco. E eu digo sempre: sim. Na verdade, em alguns casos, eu poderia até dizer que é melhor. Isso mesmo! Por alguma razão o consumidor acha que o peixe fresco é melhor do que o congelado (com toda a certeza se ele acabou de ser pescado e, também verdade se a manipulação e conservação no ponto de venda é adequada). Por um lado eu entendo essa percepção pois já comprei peixe congelado que, depois de descongelado desmanchou...não consegui aproveitar um filé! Porém, empresas sérias congelam o pescado imediatamente após o abate ou pesca, garantindo assim a qualidade nutricional e sensorial do produto. Então, não há razões para desconfiar.


Claro que eu não posso garantir que a qualidade de todo o pescado congelado disponível nos supermercados e peixarias do Brasil seja a ideal. Por isso, sugiro que teste algumas marcas, compare e, em muito pouco tempo você vai descobrir quais são marcas boas de peixe congelado e quais não. E para as que não forem, faça sua reclamação no SAC dessas empresas. É a partir da insatisfação do consumidor bem informado que as indústrias vão começar a fazer um melhor trabalho e atender o padrão de qualidade exigido e merecido por você.



Existem vários métodos para congelar o pescado. O que gera certa dúvida contudo é o glaciamento, processo esse que consiste em criar uma película protetora no pescado e frutos do mar (principalmente camarão), formada por uma camada de gelo, que é produzida por meio da imersão do filé em água refrigerada ou borrifando água (que depois de congelada cria essa película). Infelizmente algumas empresas colocam água demais nesse processo, lesando o consumidor, porém, o processo é correto do ponto de vista da conservação e legal. 


Os problemas que podem ser encontrados em peixes e frutos do mar congelados, quando não embalados corretamente são: deterioração oxidativa, desidratação, enrijecimento e perda de água excessiva no descongelamento. Se não houver durante toda a cadeia do frio – da indústria até a sua casa – a manutenção correta da temperatura de congelamento (-18ºC), ou seja, se houver oscilação de temperatura, o que pode acontecer também é a recristalização, que mudando o tipo e tamanho dos cristais de gelo, prejudica a qualidade da textura da carne.



A estocagem congelada por muito tempo pode prejudicar em parte a qualidade nutricional do pescado, se houver oxidação dos ácidos graxos – por exemplo o w-3, que é um dos pontos relevantes do valor nutricional do pescado. Por isso, evite guardar o peixe que você comprou congelado por muito tempo no seu freezer. O prazo de validade do pescado congelado é longo, podendo ser de até 12 meses para algumas espécies em certas embalagens. Se por um acaso houve algum desvio no processo de congelamento ou armazenamento e você deixar o peixe congelado por muito tempo, pode ser que quando descongelar, a qualidade do peixe ou fruto do mar não seja a melhor.



Quanto ao descongelamento, há duas formas consideradas corretas: uma seria descongelar na geladeira, de um dia para o outro (caso o peixe seja muito alto e grande, talvez precise de mais tempo para o descongelamento) ou, no micro-ondas – que alguns dizem ser a forma que permite melhor retenção dos nutrientes pois o descongelamento tradicional leva a perdas de vitaminas hidrossolúveis presentes no líquido liberado no processo. Eu particularmente adoto e prefiro o descongelamento na geladeira. O risco que existe no descongelamento do pescado no micro-ondas é de iniciar o processo de cocção, podendo esse processo prejudicar a preparação que iria fazer.


Outro benefício do pescado congelado é termos acesso a espécies que não são cultivadas ou pescadas próximas da nossa cidade. Além disso, o peixe congelado tem um apelo de conveniência pois é sempre comercializado limpo e, em sua maioria, na forma de filé ou posta – fáceis de preparar.


E então? Perdeu o receio de comprar e consumir pescado congelado? Insira na sua lista de compras uma embalagem de peixe congelado por semana, que tal? O discurso de que não é saudável e/ou que não tem peixaria fresca perto da sua casa não podem mais ser motivos para você não consumir pescado. 



p.s. esqueci de comentar....se você vir alguma embalagem de peixe congelado IQF (individual quick freezing), isso quer dizer que os filés forem congelados separadamente e, por isso, você não precisa descongelar o pacote inteiro para consumir. Você tira da embalagem apenas a quantidade de filés ou pedaços que você vai usar e volta o restante no congelador. E normalmente as embalagens que contém esses peixes congelados IQF têm zip, para você abri e fechar a embalagem, conservando bem o produto.



Texto escrito por Débora Planello
Fontes: Revista Visão Agrícola – Aquicultura; Bom Peixe.

Comentários

  1. Gostaria de saber como faço pra deixar o peixe so refrigerado no freezer

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas